sexta-feira, 31 de julho de 2020

Uefs promove exposição virtual "Recortes de Feira de Santana"


A Galeria de Arte Carlo Barbosa, da Universidade Estadual de Feira de Santana, promove a exposição virtual “Recortes de Feira de Santana”, do artista plástico Antônio Carvalho. A abertura ocorreu na quinta-feira, dia 30. O público deve acessar as plataformas digitais do Centro Universitário de Cultura e Arte, nos seguintes endereços:

-Instagram Cuca: @cuca_uefs

-Instagram Galeria: @gcbcuca

-Youtube Cuca: Cuca Uefs

De acordo com Lígia Motta, especialista em Artes Visuais, Cultura e Criação,  “o autodidata, Antônio Carvalho tem uma diversificada produção, inclusive releituras de quadros famosos, inspirando-se em artistas como o francês Paul Gauguin e o americano Charles Ephraim”.

A atual exposição merece destaque especial, graças a capacidade ímpar de retratar detalhes arquitetônicos, minuciosamente escolhidos e reproduzidos artisticamente à maneira hiper-realista. Desta forma, registra monumentos históricos da cidade de Feira de Santana preservando sua memória tangível e fixando o belo do nosso presente e passado.

*Com informações da Assessoria/Uefs

 


segunda-feira, 6 de julho de 2020

Museu Casa do Sertão, da Uefs, comemora 42 anos com produção audiovisual online


Pioneiro entre os museus da Uefs, o Museu Casa do Sertão e Centro de Estudos Feirenses está completando 42 anos de um devir de ações e estratégias, a fim de promover a conservação, investigação e comunicação do patrimônio cultural sertanejo. Para comemorar, o público é convidado a conhecer a mais recente produção audiovisual, disponível na internet, no endereço abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=GAV9COFw39k

A proposta aborda a sugestiva narrativa do cordel “Casa do Sertão”, de João Crispim Ramos, criado na campanha de arrecadação de fundos para a construção do espaço que hoje abriga o Museu, inaugurado em 1978. A genuína composição, com a devida licença poética, alude um inventário de potenciais acervos de couro, ferro, barro, madeira, fibra e peculiaridades que estão presentes na instituição.

*Com informações da Ascom/Uefs

 



quinta-feira, 16 de abril de 2020

Museu Regional de Arte promove exposição virtual


A exposição Entre as Cores da Bahia, promovida pelo Museu Regional de Arte da Universidade Estadual de Feira de Santana (MRV/Uefs), apresenta obras modernas e contemporâneas de grandes nomes das artes plásticas, muitas delas produzidas por artistas baianos e que trazem elementos dessa cultura. 


Além da alegria das cores, o visitante virtual irá encontrar uma variedade de técnicas, formas e expressões que marcam um período de mudanças e revelações na história da arte baiana. 
Em “Entre as Cores da Bahia” estão obras que apresentam identidade, diversidade, religiosidade e a história de um povo, além de nos permitir perceber muito da inspiração dos artistas, seus sentimentos e estilos pessoais, revelando-nos a beleza, o significado e a força de suas crenças.      

Clique no link abaixo e acesse a exposição:


*Com informações da Ascom/Uefs


terça-feira, 10 de abril de 2018

Bule Bule lança livro de cordel


Dois elementos de extrema importância simbólica para a cultura brasileira – a literatura de cordel e o panteão africano, com tudo o que representam para a Bahia e o Nordeste – se encontram no livro “Bule-Bule – Orixás em Cordel”. De autoria do mestre da cultura popular nordestina, Antônio Ribeiro da Conceição, artisticamente conhecido como Bule-Bule, o livro acaba de ser apresentado ao público e já se encontra à venda nas livrarias.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Compositor feirense desponta para a música baiana

O compositor e produtor cultural Vandson Nascimento, depois de lançar a música “Lagoa do jacaré”, que faz uma homenagem a Feira de Santana, valorizando os seus principais pontos turísticos, agora apresenta mais uma composição: “Deixe-me ir”, composta especialmente para presentear a banda de pagode de mesa Pagonejo.
É mais um feirense que começa a surgir para o cenário da música baiana e, quem sabe, nacional.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Banda A Safadinha do Forró é destaque entre os amantes do Forró e Sertanejo

A banda A Safadinha do Forró começa  a  se  destacar  em várias  festas  do  estado  e  de  outras  capitais,  após  ser  consagrada  pela critica  e  participar  de  vários  eventos  ligados  a vaquejadas, festas de vaqueiro, festas de São João, São Pedro e outras. A banda vem da cidade de Aracaju, que é conhecida nacionalmente como o celeiro do Forró no Brasil, razão pela qual vários nomes importantes da musicalidade nordestina surgiram do estado sergipano e  hoje  fazem  parte  do  cenário nacional.
Nos últimos meses, a Banda A Safadinha do Forró fez grandes apresentações, em diversas cidades do Nordeste. Tudo graças à música empolgante da banda. “As pessoas ficam eletrizadas, principalmente nas festas, onde a banda sobe aos palcos, mostrando uma cara nova no Forró”, comenta Devany Silva, que empresaria a banda.
A Banda A Safadinha do Forró se prepara agora para lançar um novo CD, por uma gravadora independente.  Emocionados, os integrantes dizem que este é um sonho que eles sempre sonharam alcançar. Segundo Devany Silva, o som diferenciado, com pitadas de forró, Vanerão e sertanejo universitário, vem com o jeito brasileiro de fazer música, criando combinações perfeitas para animar qualquer festa.
A banda está começando o agendamento dos shows em todo o país, bastando ligar no escritório (79) 99847-4376 ou enviar email para banda.asafadinha@gmail.com

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Academia inaugura espaço cultural no MAP

A Academia Feirense de Letras inaugurou recentemente, no Mercado de Arte Popular, o “Espaço Literário de Feira de Santana”, voltado para divulgação e comercialização de livros, CD's, DVD's, revistas e demais produtos relacionados ao universo cultural de nossa cidade, o espaço está instalado no Box C8 e estará sempre aberto à comunidade. A iniciativa é do ativista cultural, advogado e presidente da Academia, Emanoel Freitas. A ação também conta com a participação da Academia de Letras e Artes e do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

O surgimento do Informativo Cultural


No dia 13 de julho de 1988, nascia, em Feira de Santana,  o “Informativo Cultural”, um tabloide semanal, fundado por Tião Pereira e Sandro Penelú, o único jornal de cultura da região, um veículo que, anos mais tarde, seria imitado por praticamente todos os setores da imprensa local, efervescendo definitivamente a vida cultural da cidade, incentivando produtores e artistas a mostrarem seus trabalhos.
Hoje, lido por pessoas de todos os recantos no mundo, graças à Internet, o Informativo Cultural segue cumprindo o seu papel de divulgar e valorizar a cultura e os artistas de Feira de Santana - Bahia.
Na foto, a equipe do IC. Da direita para a esquerda: Giovanni, Alessandro, Tião Pereira (o idealizador do projeto) Cristiane e Sandro Penelú.